Entrevistas

MGF “cada vez mais atenta” no diagnóstico adequado das doenças de pele


Pedro Ponte, coordenador da Unidade de Dermatologia no Hospital Lusíadas Lisboa, esteve no 21.º Congresso Nacional de Dermatologia e Venereologia para apresentar as novidades na psoríase no âmbito clínico, afirmando que a Medicina Geral e Familiar (MGF) “está cada vez mais atenta” e com mais destreza para diagnosticar patologias da pele, em geral, e psoríase em particular, com estes profissionais a aplicar o diagnóstico adequado.

O especialista atenta para os casos mais difíceis que, de algum modo, “não são passíveis de serem tratadas com medicamentos tópicos”. E relembra que existem fármacos, concretamente as vacinas, que podem desencadear “surtos de psoríase”.

Termina com o sentimento de satisfação quanto à “equidade diagnóstica” e à forma como os responsáveis de Medicina Geral e Familiar “gerem” este tipo de doentes.